Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 30/04/2012 - 23:10:58 | JI-PARANÁ - POLICIAL

 

Ji-paranaenses são presos no Estado do Maranhão com 130 Kg de drogas

 

Uma ação de policiais do 4º BPM de Balsas resultou na maior apreensão de pasta base de cocaína dos últimos 10 anos no Maranhão. Na operação, foram apreendidos 130 papelotes que estavam escondidos no fundo falso de uma Toyota Hilux, de placas NDV 9580. Os dois homens que transportavam a cocaína também foram presos.

 

O entorpecente, avaliado em mais de R$ 2 milhões, foi apresentado pelo secretário de Estado da Segurança Pública, Aluisio Mendes, na manhã de segunda-feira (30), durante entrevista coletiva à imprensa. Estiveram presentes ainda o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Franklin Pacheco; a delegada geral de Polícia Civil, Maria Cristina Resende; o comandante do 4º BPM, tenente-coronel Marcos Alves, e o delegado Regional de Balsas, Eduardo Galvão.

 

Durante a ação em Balsas foram presos: Eber Marciel Evangelista, 30 anos, lavrador, natural de Ji-Paraná (RO) e Johnne Rosa Pacheco, solteiro, mecânico, 30 anos, também de Ji-Paraná (RO) que já havia sido preso anteriormente com mais dois homens no município de Ji-Paraná, transportando mais de 10 quilos de cocaína.

 

 

Abordagem


Na operação realizada em Balsas, a PM encaminhou a Toyota após realizarem a abordagem do veículo na BR-230, para o pátio do quartel naquela cidade. No local, após uma revista minuciosa a PM encontrou o entorpecente escondido em fundo falso. “Tínhamos aumentado a fiscalização em diversos pontos do município por determinação do comandante geral, para impedir assaltos a bancos e tráfico. Com isso, na barreira paramos o veículo e suspeitamos da ação e após desmontá-lo encontramos a droga”, explicou o tenente-coronel Marcos Alves, que coordenou os trabalhos.

 

Após ser encontrada a cocaína, os dois homens foram encaminhados à delegacia. No distrito Policial, o delegado continuando as investigações, descobriu que um dos suspeitos já respondia por outro delito também por tráfico e que o veículo possuía uma restrição administrativa. “O carro estava em nome de Johnne para que não chamasse a atenção da Polícia, porém, como é um veículo novo não poderia estar circulando fora da chamada Zona Franca de Manaus em menos de cinco de anos. Este detalhe foi percebido nos levantamentos e contribuiu para a prisão. Vamos continuar investigando para descobrir a origem e destino final da cocaína já que um mapa também estava em poder dos envolvidos”, comentou o delegado Eduardo Galvão.

 

Ainda de acordo com o delegado, as investigações mostraram também que os dois acusados Johhne e Eber têm vistos internacionais e já fizeram viagens para Espanha e Portugal, o que deixa claro, segundo o delegado, que se trata de um grupo ligado ao tráfico internacional de substâncias entorpecentes. Ele explicou ainda, que o veículo foi recebido já com a droga escondida sob o forro falso da carroceria, no município de Colinas, divisa de Mato Grosso com Rondônia, para ser levada para a cidade de Picos, no estado do Piauí. O delegado Eduardo Galvão autuou os envolvidos em flagrante por tráfico de drogas.

 

 

Matéria:Assessoria 4º BPM PM/MA

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades