Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 17/11/2012 - 13:17:16 | NOVA MAMORÉ

 

FOTOS EXCLUSIVAS - Cabo da PM é preso transportando drogas e armas, em Nova Mamoré

 

O Cabo da PM lotado na Companhia de Guarda, em Porto Velho, identificado como Júlio Cesar de Almeida Jorge, CB PM JORGE, foi preso em flagrante com mais cinco pessoas, transportando cerca de 07 Kg de Pasta Base e duas armas de fogo, sendo um revólver do acervo da SEJUS e uma Pistola GLOCK .380, sem registro.

 

 

Policiais Militares do 6º, montaram uma barreira na saída de Nova Mamoré, e em dado momento avistaram um veículo Corsa Classic preto, de placas NEE 1686, se aproximando.

 

Ao receber voz de parada, um dos ocupantes jogou uma sacola plástica pela janela e o motorista empreendeu fuga em alta velocidade. Depois de algum tempo de acompanhamento, o veículo foi abordado. Outra equipe retornou ao local e encontrou a sacola contendo aproximadamente 07 Kg de Pasta Base.

 

Um dos passageiros do veículo se identificou como Cabo da PM e com ele foram encontradas duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38, pertencente ao acervo da SEJUS e uma Pistola Glock .380, sem registro. De acordo com o Bop policial, o Policial Militar ainda tentou subornar os policiais, mas de nada adiantou e acabou preso em flagrante.

 

Os outro ocupantes do veículo foram identificados como Ozéias D. C. S.; Jackson C. S.; Admilson L.; Erison R. S. D. S. e Júlio C. D. A. J.

 

Todos os envolvidos, depois de receberem voz de prisão, foram encaminhados até a PF, em Guajará-Mirim, para registro do fato e flagrante delito. Sendo apresentados ao plantonista juntamente com os materiais e objetos apreendidos, além de pertences pessoais, tais como: documentos, certa quantia em dinheiro, vários celulares, cartões magnéticos, dentre outros materiais de pequeno porte.

 

Matéria:comando190.com.br/FLS

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades