Notícia publicada em 02/01/2014 - 21:44:13 | GUAJARÁ MIRIM

 

População saqueia comércio da mãe do acusado de chacina, em Guajará-Mirim - VIDEO DA AÇÃO

 

O acusado de cometer a chacina na madrugada de segunda-feira, 30 de dezembro de 2013, no bairro Santa Luzia, Tanus dos Santos, de 23 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (1), no Distrito do Ararás, e desde a sua prisão, os moradores de Guajará-Mirim fazem vários manifestos em repúdio ao seu covarde ato. Depois da manifestação que aconteceu na frente da Delegacia de Polícia, os manifestantes foram até o comércio da mãe do acusado e saquearam quase toda a mercadoria.

 

De acordo com informações apuradas pelo jornal e site “O Mamoré”, mulheres e adolescentes por volta de 14h30min chegaram a Avenida Toufic Melhem Bouchabki, 2035, bairro Santa Luzia, denominado Comercial Canaa, conseguiram forçar a porta de ferro e derrubar as portas de blindex da frente, invadiram o local saqueando diversos produtos.

 

Bicicletas, alimentos, produtos de beleza, acessórios, frios e até mesmo carne foram subtraídos do comércio. Moradores que avistaram a atitude tentavam acionar a Central de Operações da Polícia Militar, mas a linha estava congestionada.

 

O tumulto ocorrido em frente ao prédio da Delegacia de Polícia Civil e seguindo a ação de saquear deixou a Polícia Militar e Polícia Civil em alerta. Uma porta foi substituída a fim de resguardar o prédio de futuros ataques já que há informações de que populares pretendiam atear fogo no comércio de propriedade da mãe de Tanus.

 

Segundo uma moradora, que não quis se identificar, a população está revoltada com a barbaridade ocorrida contra a família de Luciene Almeida Rodrigues, de 28 anos e seus dois filhos, Elissandro, de 16 anos e Renato, de 5 anos, que foram assassinados dentro da residência da família e, de seu irmão Jokley Lima de Freitas, de 21 anos, que segundo informações teve morte cerebral. Tanus é acusado de matar a namorada, seus filhos e disparar contra o irmão dela, Jokley, que também era considerado seu amigo.

 

VEJA O VÍDEO:

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades