Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 12/05/2014 - 09:31:54 | JARU

 

Suspeitos de roubarem R$ 78 mil da Rondocap são perseguidos e presos, em Jaru

 

O assalto à mão armada aconteceu por volta das 11h20min deste domingo (11), ao estabelecimento comercial denominado Rondocap, localizado na avenida Dom Pedro I, setor 05, e resultou em um prejuízo de aproximadamente R$ 78 mil a empresa de jogos.

Segundo informações repassadas a polícia, por um funcionário da empresa, dois elementos armados lhe abordou e anunciou o assalto, e em seguida este funcionário foi trancado em uma sala juntamente com alguns clientes que se encontravam na empresa no momento da ação.

Em fato continuo, os criminosos recolheram todo o dinheiro da empresa e o colocaram em uma bolsa de cor laranja e rapidamente empreenderam fuga se utilizando de uma motocicleta CG Titan de cor azul.

A Polícia Militar foi acionada e de posse das características do veículo e dos criminosos, iniciou diligencias pelas ruas da cidade se deparando minutos depois, com os suspeitos na Rua Marechal Rondon no setor 07, ocasião em que os PMs tiveram que realizar disparos letais e não letais para conte-los. Na ação ninguém saiu ferido.

Os elementos foram identificados como sendo Marcos Vinícius Bernardo Dutra de 21 anos, e Clei Regazzoni Viana Fonseca de 38 anos, ambos foragidos do sistema penitenciário da cidade de Ouro Preto do Oeste. Com os mesmos foi encontrado um revólver calibre 32.

Com suas detenções, os elementos confessaram a Polícia terem roubado naquela manhã no interior da cidade de Vale do Paraiso uma motocicleta Honda Biz preta, e possuíam uma motocicleta Honda Bros escondida na linha 614, porém ambos negaram envolvimento no roubo a Rondocap em Jaru e até o momento o dinheiro não foi localizado.

 

 

 

 

 

 

 


 

Matéria: Jaru Online

 

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades