Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 11/04/2015 - 22:10:17 | ALVORADA

 

ALVORADA D’OESTE - Marido bêbado que matou esposa na frente da filha é condenado a 15 anos de prisão

 

Na última quinta-feira, dia 09, o homem que matou a esposa e tentou enganar os policiais, dizendo que a mulher havia se suicidado, foi condenado a 15 anos de prisão. Fábio Ferreira Pavan, de 29 anos, foi preso no dia do crime por Policiais Civis do SEVIC daquele município e precisou ser internado devido ao seu estado de embriaguez alcoólica. Clique no título abaixo e relembre a matéria:

 

Notícia publicada em 01/02/2014 - 00:51:32 - ALVORADA – Marido bêbado mata esposa na frente de filha de apenas 05 anos de idade e tenta despistar a polícia

 


 

Durante o julgamento, presidido pela MM. Juíza de Direito Elisângela Frota Araújo Reis, os dois advogados de Fábio, alegaram “Homicídio Culposo”, que não teve a intenção de matar, pois o réu não queria a morte da vítima, inclusive agindo no intuito de salvá-la.  A defesa também alegou que as armas eram do patrão de Fábio e que já estavam na casa quando ele foi morar lá. O réu acrescentou que se quisesse matar a vítima o teria feito, o que demonstraria a desistência voluntária.

 

Já a promotoria, representado pelo Promotor de Justiça Dr. Matheus Kuhn Gonçalves, requereu a condenação do réu, no tocante ao delito de “Homicídio Qualificado por Motivo Fútil”.

 

Depois de quase 10 horas, o Tribunal de Júri deu a sentença final, condenando o réu Fábio Ferreira Pavan, às normas contidas no artigo 121, §2º, incisos II do CP e artigo 12, caput, da Lei 10.826/03, a 14 anos de Reclusão e 01 de Detenção, totalizando 15 anos, sendo cumpridos, inicialmente, no Regime Fechado. Também foi negado que o réu recorra a decisão em Liberdade.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades