Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 23/07/2016 - 08:48:46 | VILHENA

 

Jovem é preso ao ameaçar atacar cidade de RO em entrevista de TV

 


Elvis Kauê de Souza CarvalhoElvis Kauê de Souza Carvalho, 18 anos, foi preso, nesta sexta-feira (22), após ir a uma emissora de TV local e dizer que iria bombardear a cidade de Vilhena (RO). Com o rosto coberto por uma camiseta, o rapaz declarou que era do Comando Vermelho e planejava um ataque "soviético", caso o governo não trocasse a atual direção do Centro de Ressocialização Cone Sul. 

 

Um dos lugares que seriam atacados é a delegacia de Polícia Civil. Um homem de 33 anos também foi preso com drogas, junto do suposto integrante da facção


De acordo com a Polícia Militar (PM), os policiais chegaram ao jovem após investigar a denúncia de que ele e outro homem estariam planejando roubar um caixa eletrônico no município de Cerejeiras (RO). Ao descobrirem o endereço do rapaz de 18 anos, uma guarnição foi ao local e encontrou os dois suspeitos.


Ao G1, o Setor de Investigação da Polícia Civil (Sevic) informou que não há a confirmação sobre o jovem ser integrante da facção criminosa. No entanto, ele foi identificado como o jovem que foi até uma emissora de televisão local e declarou que o Comando Vermelho iria realizar "ataques soviéticos" na cidade, onde mataria vários policias e agentes penitenciários.


Durante a entrevista, o suspeito apareceu com o rosto coberto com uma camiseta vermelha, mostrando apenas os olhos. Ao apresentador, ele disse que pertencia ao Comando Vermelho e ameaçou atacar tudo que fosse contra o governo, caso os dois diretores do Centro de Ressocialização Cone Sul continuasse a frente da unidade.

 

Na ocasião ele alegou que tinha várias armas, inclusive granada, para realizar os ataques contra policiais e agentes penitenciários. Ao ser questionado pelo jornalista se a população poderia correr risco de vida, o jovem de 18 anos negou e disse que "tudo que estão querendo fazer é a favor da população".


O suspeito disse ainda que existe uma reunião nacional entre os membros da facção, e que antes de ele conceder a entrevista conversou com os integrantes e foi orientado sobre quais assuntos poderia falar no ar.


Conforme um dos agentes da polícia, após a ameaça a população se assustou a tal ponto que o fluxo na delegacia diminuiu significativamente durante a semana, pois o jovem havia dito que o primeiro local a ser bombardeado seria o edifício.


Ao ir à casa do jovem nesta sexta, um segundo homem, de 33 anos, foi preso com 10 invólucros de maconha escondidos na gaveta de uma cômoda e uma fração de tabaco armazenado em um preservativo masculino, que segundo ele, seria para entregar em um presídio.


Durante a abordagem, as autoridades acharam 16 invólucros de maconha e R$ 14 dentro de uma mochila do jovem. Um policial chegou a perguntar se ele comercializava as drogas. O suspeito disse que sim e explicou vender cada porção por R$ 10.


Diante dos fatos, foi dado voz de prisão e os suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil (DPC). Em depoimento, o jovem que foi na TV alegou que é membro do Comando Vermelho na cidade.


Segundo a Polícia Civil, por enquanto, o jovem irá responder apenas pelo crime de tráfico de substâncias entorpecentes.

 

Matéria:G1/Rondonia

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades