Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 24/08/2016 - 20:40:38 | PRESIDENTE MÉDICI

 

Adolescente de 15 anos não obedece à ordem de parada e na fuga atropela PM, em Estrela de Rondônia - VIDEO

 

Na manhã desta quarta-feira (24), uma abordagem de rotina quase terminou na morte de um Policial Militar. O fato aconteceu por volta das 09h00, na BR 364, entre o Distrito de Estrela de Rondônia e o município de Presidente Médici.

 

De acordo com a Polícia, uma guarnição da PM realizava patrulhamento de rotina pelo centro de Distrito de Estrela de Rondônia quando avistaram um suspeito conduzindo uma motocicleta Honda CG Titan, de placa NCI-5320. Ao dar ordem de parada, o piloto acelerou o veículo e começou uma fuga alucinante percorrendo todas as ruas do pequeno Distrito. Em seguida, o piloto entrou na Linha 128, sentido a BR 364.

 

Neste momento, os PM’s solicitaram apoio ao Quartel da Polícia Militar, em Presidente Médici, e a Guarnição composta pelo SGT PM Moacir e CB PM Jailson, montou uma barreira na entrada da BR 364.

 

Quando o piloto avistou a barreira, jogou o veículo intencionalmente em cima do CB PM Jailson, atropelando-o gravemente. Em decorrência do choque, o suspeito caiu da moto e foi preso. Ele foi identificado como sendo um adolescente de apenas 15 anos de idade e não apresentou qualquer tipo de documento pessoal e a moto estava com a placa adulterada, sendo impossível verificar à sua procedência naquele momento.

 

O Policial Militar foi socorrido pelos companheiros e levado às pressas ao Hospital de Presidente Médici, onde foi transferido para um hospital particular, em Ji-Paraná.

 

De acordo com o Comandante do Pelotão da PM, em Presidente Médici, Tenente PM Wesley, o militar está fora de perigo, porém fraturou a bacia.

 

O menor foi conduzido para a delegacia e apresentado à autoridade policial.

 

 

VEJA O VÍDEO CEDIDO PELO PROGRAMA "RONDÔNIA ACONTECE"

 

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades