Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 24/02/2017 - 15:56:42 | JARU

 

JARU - Ação conjunta da Polícia Militar e Poícia Civil conduz 16 pessoas para a DPC

 

Durante o período da manhã dessa sexta feira (24), foi realizado uma ação conjunta entre a Policia Militar, a GOE (Grupo de Operações Especiais) e Policia Civil, que resultou na condução de 16 pessoas, sendo 6 mulheres e 10 homens, dentre eles 3 menores.

 

As buscas foram feitas em três residências em diferentes setores, uma na Rua Frei Caneca no setor 07, onde foram localizados diversos objetos com suspeitas de se tratarem de produtos de furto como: celulares, perfumes, bomba de  poço, relógios, 2 armas de fogo Cal.32 e uma Cal.38, e materiais supostamente usados para embrulhar entorpecentes. Em uma das casas do Jardim dos Estados, foram conduzidos 04 pessoas, sendo três jovens do sexo masculino e uma do sexo feminino, onde também foi localizado diversos objetos com suspeitas de serem roubados, um revólver Cal.22 e um Cal.38, aparelho de DVD e Videogame, relógios, e ainda produto entorpecente como Maconha, uma makita, celulares e outros.

 

E ainda em outra residência foram conduzidas mais 04 pessoas, dentre elas dois jovens do sexo masculino e duas do sexo feminino, onde também foi encontrado pelos policiais, diversos produtos como celulares carregadores, duas balanças de precisão e produto entorpecente, tipo “Crack”.

 

Nas referidas residencias também foram apreendidas três motocicletas, uma Honda Fan 150Cc, uma Honda CG Titan e uma Honda Today.

 

Alguns objetos encontrados em uma das casas, foram reconhecidos por uma vítima de assalto que ocorreu no último sábado(19). 

 

Todos os suspeitos serão ouvidos pelo delegado de polícia e ficarão a disposição da justiça.

 

 

dsc_0052

 dsc_0065

 

. dsc_0071

. dsc_0074

. dsc_0075

. dsc_0076. dsc_0077. dsc_0079

 

.dsc_0054

 

Matéria:Jaruonline

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades