Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 01/06/2017 - 23:06:35 | JI-PARANÁ - POLICIAL

 

PM e PC prendem dois fugitivos da justiça com arma de fogo e drogas, em Ji-Paraná

 

A prisão de dois fugitivos do sistema prisional de Rolim de Moura e Ji-Paraná, aconteceu na manhã desta quinta-feira, dia 01, no final da Rua São Manoel, no bairro Santiago, 1º Distrito de Ji-Paraná. A dupla está sendo investigada em vários roubos ocorridos recentemente na cidade. 

 

De acordo com a Polícia, a equipe do SEVIC da 2ª DP, sob o comando do delegado Dr. Rildo, investigava um roubo e, de posse de algumas informações, chegaram até ao esconderijo dos suspeitos. Com o apoio do Núcleo de Inteligência do 2º BPM, os policiais entraram na casa e encontraram os dois fugitivos, identificados como Wellington Péricles Gomes Tavares e Bruno de Jesus.

 

Dentro da casa, os policiais também encontraram uma “garrucha”, calibre 22, municiada, e cerca de meio quilo de Maconha.

 

Wellington, que fugiu do regime semi-aberto do Presídio Agenor Martins, em Ji-Paraná, assumiu a propriedade da arma e contou que há poucos dias, estava mexendo na arma e ela acabou disparando, atingindo parte das partes íntimas e a perna. Já o Bruno, admitiu que cumpria pena no regime aberto na unidade prisional de Rolim de Moura, com uso da tornozeleira, e no mês passado rompeu o equipamento.

 

Em agosto de 2016, a Polícia prendeu dois perigoso foragidos da justiça no mesmo esconderijo. Clique no título abaixo e relembre o caso:

 

Notícia publicada em 31/08/2016 - 17:54:32 - Em Ji-Paraná, PM e PC prende quadrilha que estava aterrorizando o interior do Estado e encontra dinamite e rádio na frequência da polícia

 

A dupla está sendo investigado na participação direta de vários roubos ocorridos na região de Ji-Paraná. A Polícia pede a quem reconhece-los, comparecer imediatamente na delegacia mais próxima de sua residência.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades