Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 04/06/2017 - 21:55:41 | ALVORADA

 

PC e PM prende indivíduos que se envolveram em tiroteio no centro de Alvorada do Oeste

 

Na tarde da última quinta-feira (01), a população de Alvorada do Oeste/RO, passou por momentos de pânico quando dois homens trocaram tiros em uma casa em plena luz do dia, no Centro da cidade.

 

Os dois homens acabaram se ferindo e foram socorridos ao hospital municipal. A PM e PC foram acionados e identificaram os atiradores como sendo  Claudemir G. C., “Vulgo BICO DOCE” e Fagner F. M., ambos apenados do regime semi aberto.

 

Nos primeiros levantamentos, os policiais descobriram que os dois tinham conflitos porque Fagner estava amasiado com a ex-companheira de Claudemir, sendo que, depois de ser preso, não aceitava o fim do relacionamento. Fagner era amigo do casal e fazia visitas constantemente.

 

 

BANG-BANG

 

Naquela tarde, depois de consumir bebida alcoólica na companhia de outros dois apenados, naquele momento não identificados, Claudemir foi até a casa da sogra de Fagner e ao dizer poucas palavras abriu fogo com um revólver calibre .38, atingindo se desafeto no abdômen, braço e perna.

 

Por sua vez, Fagner também estava armado com um revólver calibre .32 e revidou aos tiros, atingindo Claudemir no Tórax.

 

Minutos depois da troca de tiros, a equipe do Sevic conseguiu encontrar um veículo que foi usado na fuga e as duas armas de fogo. Por volta das 22h30, os Policiais Civis também conseguiram identificar os outros dois indivíduos que deram cobertura para Claudemir. Eles foram identificados como Jair B. A. e Lindomar. Ambos condenados por Porte Ilegal de Arma de Fogo.

 

Com apoio da PM, a casa onde os suspeitos estavam escondidos foi cercada e eles foram presos. No local, os policiais localizaram uma das armas que foi usada e o carro da fuga.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades