Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 29/07/2017 - 17:11:49 | JI-PARANÁ - POLICIAL

 

Corpo sem identificação é encontrado boiando no Rio Machado, em Ji-Paraná

 

Na manhã deste sábado, dia 29, moradores ribeirinhos encontraram o corpo de um homem boiando nas águas do Rio Machado, no final da Avenida Marechal Rondon, 1º Distrito de Ji-Paraná. O Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a Polícia Técnica compareceram no local e realizaram os trabalhos de praxe.

 

Até a Polícia ainda não conseguiu identificar a vítima, que foi encontrada trajando bermuda xadrez e uma camiseta roxa. Também foram encontradas algumas tatuagens pelo corpo que podem auxiliar na identificação do cadáver.

 

Durante os trabalhos periciais, Perito Dr. Richards constatou várias lesões pelo corpo da vítima e um corte na cabeça, porém frisou que os ferimentos poderiam ter sido causados pelas pedras existentes ao longo do rio. O perito ainda comentou que apenas um exame médico mais detalhado poderá apontar a verdadeira causa da morte.

 

A Polícia Militar informou que no começo da tarde desta quinta-feira, dia 27, uma pessoa ligou para o 190 e informou um afogamento. Segundo o denunciante, um casal estava tomando banho no Rio Urupá quando o homem se afogou e a mulher foi retirada por outros banhistas. Uma Guarnição da PM e o Corpo de Bombeiros foram até o local e foram informados que o casal havia sido retirado do rio. Mesmo assim, os Bombeiros fizeram vários mergulhos pelas imediações, mas ninguém foi encontrado.

 

Após os trabalhos periciais, o corpo foi entregue para a Funerária São Matheus, onde encontra-se à espera de algum familiar. Quem reconhecer o cadáver, ligar imediatamente para os telefones: (69) 3422-0040 ou pelo aplicativo WhatsApp (69) 99200-3034.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades