Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 05/08/2017 - 00:42:51 | JI-PARANÁ - POLICIAL

 

Após prender uma mulher transportando 40 Kg de Maconha, PRF realiza mais duas apreensões de drogas no mesmo dia

 

 

Durante um exaustivo trabalho de abordagens e fiscalização no Posto da Polícia Rodoviária Federal, nesta sexta-feira (04), a equipe de plantão conseguiu prender três indivíduos que estavam transportando drogas. A primeira apreensão aconteceu na parte da manhã, onde uma mulher foi presa transportando 40 Kg de Maconha.

 

Notícia publicada em 04/08/2017 - 13:43:36 - Em Ji-Paraná, PRF prende “mula” transportando 40 quilos de Maconha para Ariquemes

 

A segunda prisão aconteceu um pouco mais tarde, durante uma abordagem a um ônibus que tinha como destino Porto Velho-RO/Fortaleza-CE. Com a passageira Ana Beatriz Alves da Silva, de 19 anos, os PRF’s encontraram 05 quilos de Cocaína pura, o famoso “Brilho ou Escama de Peixe”, com um valor de mercado altíssimo.

 

 

Devido a pureza da droga, a polícia acredita que o destino final seria o continente Europeu, pois é comum que traficantes contratem “mulas” para transportar o entorpecente até Goiânia ou Fortaleza para depois seguir aos países europeus.

 

A terceira apreensão aconteceu por volta das 16h00, também no posto da Polícia Rodoviária Federal, durante outra abordagem em um ônibus interestadual que seguia para Porto Velho/RO. Com o passageiro Eric Guilherme Oliveira Lucialdo, de 24 anos, os PRF’s apreenderam 1,5 Kg de Maconha, que estava escondida em sua bagagem de mão.

 

 

 

 

Além da grande quantidade de drogas, a Polícia Rodoviária Federal ainda conseguiu tirar um homicida de circulação que estava foragido já um bom tempo. Ele estava viajando em um ônibus com destino a Porto Velho.

 

Matéria:www.comando190.com.br

Fotos: Cinegrafista Cesar Oliveira - TV BAND

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades