Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 18/08/2017 - 18:00:00 | OURO PRETO

 

Polícia Militar age rápido e prende quadrilha que manteve gerente e família em cárcere privado para roubar agência Sicoob, em Vale do Paraíso

 

Logo pela manhã desta sexta-feira, dia 18, graças à atuação rápida da Polícia Militar, uma quadrilha de assaltantes, composta por fugitivos do sistema prisional de Alvorada e Porto Velho, foi desarticulada durante um roubo, seguido de cárcere privado, onde uma família inteira foi mantida sob a mira de armas durante 12 horas de muito tormento e terror.

 

Na ação, que teve participação de Policiais Militares das cidades de Ji-Paraná, Jaru, Ouro Preto, Vale do Paraíso e Rondominas e Policiais Civis de Urupá e Ouro Preto, todo o dinheiro foi recuperado e duas armas de fogo apreendidas. Cinco pessoas terminaram atrás das grades e diversos roubos ocorridos recentemente acabaram sendo esclarecidos.

 

 

 

12 HORAS DE TERROR


De acordo com declarações de uma das vítimas, por volta das 18h30, de quinta-feira (17), cerca de quatro indivíduos pularam o muro de sua residência e renderam toda a família. Sob as miras de armas de fogo e torturas psicológicas, as vítimas foram obrigadas a sair da casa e ficaram mantidas reféns em um cativeiro, próximo ao cemitério, no bairro Industrial, até por volta das 04h00, desta sexta-feira (18).

 

Enquanto o gerente era levado para abrir a agência bancária, já no município de Vale do Paraíso, por um dos bandidos, o restante mudava a família de cativeiro, levando para uma casa abandonada às margens da BR 364, próximo ao “viveiro”.

 

Ao chegar na cidade, um funcionário da agência também foi rendido e levado ao banco. Depois de limpar o cofre, o bandido obrigou o gerente dirigir novamente para a cidade de Ouro Preto, em seu próprio veículo, juntamente com o funcionário.

 


AÇÃO RÁPIDA E PRISÕES


Logo que a Polícia Militar, em Vale do Paraíso, soube do roubo, acionou todos os quartéis vizinhos e saíram no encalço do veículo. Neste momento, uma outra equipe de Policiais se mobilizaram rapidamente e montaram várias barreiras em pontos estratégicos, se deparando com o veículo em fuga. Ao receber ordem de parada, o bandido ordenou para a vítima acelerar o veículo, seguindo sentido Ji-Paraná.

 

Após alguns minutos de acompanhamento tático, o carro foi parado e os reféns libertados em segurança. O marginal abandonou a arma dentro do veículo e ainda tentou correr, mas acabou sendo preso logo em seguida. Ele foi identificado como sendo Arnaldo Gomes Barbosa, fugitivo do Sistema Prisional de Porto Velho.

 

 

Já de posse de algumas informações, os PM’s prenderam mais uma pessoa que estava no pátio do Posto Trevo, aguardando o comparsa chegar com o dinheiro roubado. Ele foi identificado como Reginaldo Gomes Barbosa, fugitivo do Presídio de Alvorada.

 

 

 

No momento da prisão, um outro indivíduo tentou fugir em um veículo Ágile, de cor prata. Ele foi abordado já próximo ao laticínio e identificado como Fábio de Oliveira Ferraz, morador de Ouro Preto. Dentro do veículo, os policiais encontraram diversos documentos das vítimas e vários produtos oriundos de outros roubos.

 

 

 

 

FIM DO TERROR


Já com parte da quadrilha presa, os Policiais Militares conseguiram obter a localização exata do segundo cativeiro, mas devido ao difícil acesso do terreno, os bandidos que rendiam as vítimas conseguiram fugir pelos fundos da casa. Porém, acabaram sendo presos por uma equipe do Núcleo de Inteligência, saindo de um matagal. Eles foram identificados como Weverson de Souza Ambrózio e José Carlos Gaspar, ambos também fugitivos do Presídio de Alvorada. Com eles, os policiais encontraram uma espingarda calibre 20 e diversas munições.

 

 


 


AGRADECIMENTOS


O comandante da 3ª CIA, Capitão Edivaldo Elias, reconheceu o empenho dos Policiais Militares que participaram da ocorrência, elogiando, inclusive, os Policiais de folga e das outras localidades que não mediram esforços para dar a devida resposta à sociedade e às vítimas.

 

“Quero parabenizar a todos os nossos policiais militares que com afinco e destreza, prenderam os integrantes desta perigosa quadrilha que vinha agindo na região de Ouro Preto. Estes criminosos estavam aterrorizando a população e sitiantes com seus verdadeiros atos de terrorismo. A Polícia Militar está diuturnamente combatendo todo de tipo de criminalidade, e bandido aqui não tem vez. Temos o compromisso com a segurança e contamos com a participação de todos da comunidade. Com a ajuda mútua da comunidade, aliada ao trabalho eficiente da Policia Militar, este tipo de atuação criminosa nunca perpetuará em nossa sociedade”, ratificou o comandante.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades