Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 02/10/2017 - 03:16:15 | JI-PARANÁ - POLICIAL

 

Polícia Militar prende 08 indivíduos logo após furto em empresa de produtos de limpeza, em Ji-Paraná

 

No começo da madrugada desta segunda-feira, dia 02, uma Guarnição da Polícia Militar realizava patrulhamento de rotina pelo Bairro Riachuelo, quando, ao passar pela Rua Xapuri com a Rua T-13, se deparou com vários indivíduos dentro de uma caminhonete F-250, de placas ADE-0010, em atitude suspeita.

 

 

Durante a abordagem, o motorista, que se identificou como sendo Reinaldo de Souza Fragoso, de 36 anos, falou que estava fazendo um frete para um amigo de nome “Patrick” e que acabou levando seus quatro filhos para ajudar no trabalho. Em cima da carroceria da caminhonete, os PM’s encontraram uma caixa grande contendo produtos para embalagem de água sanitária e/ou similares e vários frascos de amaciantes para roupas, já embalados prontos para o consumo.

 

 

Logo em seguida, apareceu no local o tal amigo, identificado como Patrick Diego Vargas, de 30 anos, dizendo que trabalhava em uma fábrica de água sanitária, localizada no bairro Riachuelo, e confirmando a história contada inicialmente pelo motorista. Segundo ele, o dono da empresa havia mandado levar os produtos para um determinado lugar.

 

 

Em meio às diferentes versões que eram contadas para os PM’s, Patrick ligou para uma terceira pessoa que se apresentou como sendo o dono da empresa. Na ligação, o suposto empresário confirmou a história. Porém, a mentira não foi muito longe, pois, naquele momento, uma outra Guarnição da PM já estava conversando pessoalmente com o verdadeiro proprietário, o qual falou que não havia dado ordem de retirada a nenhum funcionário.

 

 

Mais tarde, a Polícia descobriu que o interlocutor se tratava do cunhado do Patrick, que também trabalha na empresa. Ele foi identificado como Gesse Gabriel de Almeida, de 20 anos, e foi preso minutos depois na casa da namorada.

 

 

Já com toda a farsa descoberta, Patrick acabou confessando o furto do material e acabou entregando seus comparsas. Na ação, também foram presos Ryclesley de Lima Souza, de 18 anos, Magno Rodrigues Gularte e três adolescentes menores de 16 anos.

 

 

Diante do flagrante de Furto, todos os envolvidos foram conduzidos para a UNISP, juntamente com o material apreendido, avaliado em mais de R$ 5 mil reais.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades