Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 18/10/2017 - 09:47:03 | GERAL

 

Formação Sanitária do 2º BPM em parceria com o Hospital de Câncer de Barretos promove o “OUTUBRO ROSA”

 

 

 

Nos dias 11 e 13 de outubro a Unidade Móvel de Prevenção esteve no pátio do Batalhão Tiradentes, no município de Ji-Paraná, ação promovida pela Formação Sanitária do 2ºBPM, chefiada pela Cel PM Dent Elizabeth, em parceria, com o Hospital de Câncer de Barretos, do núcleo de Ji-Paraná.

 

Estiveram presentes na ação de saúde o Comandante do 2ºBPM, Cel PM Sena, o qual fez referência a importância da prevenção e ações como a que estava acontecendo, tanto para os policiais  militares quanto para a comunidade; a chefe da Formação Sanitária, Cel PM Elizabeth, que agradeceu aos parceiros (Casa Rosa de Ji-Paraná, Vereadora Silvia Cristina e a Coordenadora  do Ministério da Mulher da Igreja Adventista, enfermeira Yslei), bem como a  Ten PM Tatagiba, que coordenou a ação, e o Ten PM Wesley.

 

No total, 82 mulheres (policiais militares, familiares e comunidade) de diversos locais (Ji-Paraná, Presidente Médici, Nova Londrina, Jaru, Alvorada, São Miguel e Pimenta Bueno) realizaram exames de mamografia e foram orientadas de forma dinâmica quanto à importância e o que fazer para se prevenir. 

 

 

Pois se sabe que esse é o segundo tipo de tumor maligno mais incidente entre as brasileiras, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. E que quanto antes o câncer é identificado, mais altas são as taxas de sucesso no tratamento. Para a prevenção, é necessário que as mulheres pratiquem o autoexame e, façam a mamografia. A mamografia diagnóstica, assim como outros exames complementares com finalidade de investigação de lesões suspeitas da mama, pode ser solicitada em qualquer idade, a critério médico. Ainda assim, a mamografia diagnóstica geralmente não é solicitada em mulheres jovens, pois nessa idade as mamas são mais densas, e o exame apresenta muitos resultados incorretos. Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres. (INCA)

 

Matéria:Assessoria

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades