Notícia publicada em 20/03/2018 - 22:15:14 | GERAL

 

Especialista alerta que gestão de água potável merece atenção de todos

 

LIXO A CÉU ABERTO É FONTE CONTAMINADORA

 

 

 

A defesa dos recursos hídricos vai além de apenas garantir o abastecimento dos reservatórios de água das grandes cidades. A água é um recurso natural essencial e valioso para a vida na terra, é indispensável para a manutenção dos ecossistemas e para a sobrevivência do nosso planeta.


Por essa razão, hábitos simples como adotar e fazer valer medidas responsáveis para o uso da água e de proteção aos mananciais é uma obrigação vital das nações, estados, municípios, populações do campo e das cidades, ou seja, de todos. Essa é a opinião recente, publicada num artigo feito pelo especialista em Hidros sedimentologia da Universidade de Brasília, Henrique Leite Chaves - “a utilização e manejo dos recursos hídricos no Brasil, em relação à legislação que dispões da proteção e a manutenção e uso da água, precisa ser bastante avançada, merecendo a atenção de todos, e principalmente dos gestores públicos em geral”, afirma Henrique Chaves.


O país precisa, em caráter de urgência discutir novas políticas públicas que visem entender e buscar novos resultados no que diz respeito a garantia futura da água potável e a proteção dos recursos hídricos.


A preocupação dos especialistas tem sentido, afinal, a água potável não é um recurso natural infinito e as possíveis consequências do manejo inadequado podem ser sentidas de forma geral, em toda população.


A MFM Ambiental opera de acordo às normas ambientais, evitando a contaminação das águas subterrâneas, os processos são rigorosos com a eliminação do chorume, líquido de elevado potencial poluidor. Durante a decomposição dos resíduos no interior das células, acontece a formação de líquidos, os chamados de chorume, este líquido é coletado através de drenos e enviado por gravidade para a lagoa de tratamento anaeróbica, após seu processo de decantação é direcionado para a lagoa facultativa, através de robôs mecânicos,  e por fim para a lagoa de polimento, fase, em que chega com 70% de pureza, podendo ser descartada ao meio ambiente, porém a MFM em respeito e comprometimento com a sociedade em que está inserida, utiliza mais dois processos, bombeando a água da lagoa de polimento para a central de tratamento químico, nesta nova etapa é feita a adição de substâncias químicas ao chorume, que passa por tanques de decantação e chega a esta fase com alto índice de pureza, atingindo cerca 90% de qualidade, em seguida é canalizada por baixo do solo, onde mantém contato com matérias orgânicas e posteriormente devolvida ao meio ambiente.


Em Vilhena -RO o elo de parcerias vem a cada ano se fortalecendo,  um exemplo é a parceria firmada entre a MFM SOLUÇÕES AMBIENTAIS e o Serviço autônomo de água e esgoto (SAAE)  que alinham o mesmo pensamento de contribuir com as futuras gerações, com a despoluição dos rios e mananciais e o cuidado com o lençol freático, garantindo que o lixo da cidade tenha uma destinação correta, uma parceria de sucesso que a empresa já pensa em estender para outros municípios.

 

Matéria:Assessoria

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades