Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 28/05/2018 - 15:48:11 | GERAL

 

Unidade de Vigilância de Zoonoses emite nota de esclarecimento sobre o Caso de Febre Amarela na área rural de Ji-Paraná

 

A Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ) recebeu a confirmação de um PRIMATA, não Humano (Macaco), diagnostico com FEBRE AMARELA no dia 22/05/2018. O macaco foi encontrado na área rural de Ji-Paraná, estava caído com sinais de morte agonizante.

 

O animal foi recolhido ao Centro de Zoonoses, em Ji-Paraná, para exames. Também foi enviado vísceras ao laboratório de referencia – LACEN RO, sendo confirmado reagente (positivo) para FEBRE AMARELA. A confirmação de um caso positivo de FEBRE AMARELA não coloca a cidade em estado de alerta, mas os trabalhos preventivos serão intensificados na área onde o macaco foi encontrado.

 

Na nota, a Unidade de Vigilância explica que os macacos não transmitem o vírus da Febre Amarela, mas, na verdade, quando contraem o vírus transmitido em ambientes silvestres por mosquitos do gênero Hemagogo, servem de alerta para o surgimento da doença no local.

 

Assim, acabam contribuindo para que as autoridades sanitárias tomem logo medidas para proteger moradores ou pessoas de passagem na região.

 

As principais medidas de prevenção contra a Febre Amarela incluem a vacinação e o controle da proliferação dos mosquitos vetores.

 

Há o receio de que os macacos possam transmitir diretamente a doença aos humanos, mas esse receio é infundado. Isso não ocorre. “Em vez de agredidos ou mortos, os macacos devem ser protegidos para que cumpram a sua função de sentinela, de alertar para possíveis ocorrências de surtos da febre amarela”, informou o Centro de Zooneses.

 

 

 


AÇÕES DE BLOQUEIO

 

A equipe da Unidade de Vigilância de Zoonoses em parceria com a Equipe de Imunização e Equipe Saúde da Família estará realizando no entorno do local onde foi encontrado macaco doente e áreas adjacentes o, ações educativas e vacinação Febre Amarela (casa a casa).

 

ORIENTAÇÕES GERAIS A COMUNIDADE: É importante orientar a qualquer pessoa que encontrar um macaco caído em sua propriedade, que é necessário: - Acionar a Unidade de Vigilância Zoonose pelo telefone: 3423-6496

A UVZ estará recolhendo o macaco e posteriormente enviando material coletado para análise no laboratório de referência em Porto Velho – LACEN RO.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades