Notícia publicada em 03/06/2018 - 09:53:01 | JI-PARANÁ - POLICIAL

 

Homem é morto a facada pelo enteado durante briga de família, em Ji-Paraná

 

O crime aconteceu por volta das 21h00, deste sábado, dia 02, na Rua Tiradentes, no bairro Vila Jotão, 2º Distrito de Ji-Paraná, durante uma discussão por causa de um pão. De acordo com a Polícia, a Central de Operações da PM (190) recebeu uma ligação informando que estava acontecendo uma briga de família e um adolescente havia esfaqueado o padrasto.

 

Imediatamente, as Guarnições de Rádio Patrulha foram até ao local e encontrou a vítima, identificada como Ivanildo de Souza, de 38 anos, caída ao solo, próximo a porta da cozinha, já sem vida. O autor do crime, um adolescente de 17 anos, estava aguardando a Polícia e relatou como tudo aconteceu.

 

Segundo o adolescente, mora na casa com sua mãe, padrasto e mais dois irmãos. No começo da noite, o irmão mais novo comeu um pão que estava na geladeira. Quando seu padrasto chegou em casa e não viu mais o pão, começou uma discussão com ele, acusando-o de ter comido o pão sem sua permissão.

 

Durante a calorosa discussão, Ivanildo ameaçou em matar o adolescente que ele completasse 18 anos. A mãe do adolescente entrou na briga e se voltou contra o filho. Então, iniciou outra discussão e a mulher acabou mordendo o ombro do garoto. Para se defender, o adolescente empurrou a mãe. Neste momento, Ivanildo foi para cima do adolescente e começou a agredi-lo.

 

O adolescente conseguiu pegar uma faca e desferiu uma facada em seu padrasto, atingindo-o no peito. Mesmo ferido, Ivanildo tentou entrar em sua casa, mas acabou caindo na porta da sala e morreu.

 

Em seguida, o garoto foi até a casa de seu tio, que mora ao lado, e pediu para que chamasse a Polícia e o Corpo de Bombeiros.

 

Os Policiais Militares também contaram que, ao chegar no local, a mãe do adolescente estava muito alterada e apresentava sintomas de embriagues alcoólica. Durante o atendimento da ocorrência, ela precisou ser algemada porque estava atrapalhando o trabalho da polícia.

 

Vizinhos relataram que as brigas familiares naquela casa eram constantes, bem como o consumo excessivo de bebida alcoólica. Um dos filhos chegou a dizer para os PM’s que durante as muitas brigas que tiveram, sua mãe sempre ficava do lado do amásio, chegando ao ponto de expulsar as crianças de casa.

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades