Binho
Binho
MFM
MFM
Voltar Publicada em 28/01/2021 | Esporte

Barcelona enfrenta crise financeira


É muito estranho pensar que o clube de maior faturamento do mundo possa estar enfrentando uma crise financeira, mas é isso mesmo que aponta a imprensa esportiva. Conhecido pela sua estabilidade e organização, o Barcelona vem chamando atenção nos últimos meses e não é mais pelo seu belíssimo futebol em campo.

Com uma receita baseada em seus direitos de transmissão, serviços de marketing/ comercial e torcida/ estádios, o clube catalão viu os números declinarem consideravelmente no ano de 2020, devido as exigências preventivas contra a covid-19. Com a falta de atividades esportivas e seus rentáveis campeonatos, muitos foram os impactos sofridos pelo mundo desportivo.

A esperança é que com o retorno dos cronogramas, o clube possa voltar a respirar com tranquilidade e a encher os corações dos torcedores, os quais estão loucos para aproveitar o código bônus e realizar apostas incríveis no grande Barça. 

Porém, enquanto isso não acontece, vamos esclarecer algumas informações sobre as dívidas que tira o sono dos dirigentes do clube.

Antes de qualquer coisa, vale ressaltar que a situação financeira do Barcelona, mesmo que esteja ruim, ainda é muito melhor do que muitos clubes espalhados pelo mundo. Segundo o portal Globo Esporte, o Barcelona ainda detém o maior faturamento do mundo. Um pouco à frente do Real Madrid, um bocado acima do Bayern de Munique e do Manchester United, distante de todos os demais. O Football Money League, da Deloitte, mostra esse ranking em um estudo anual.

Na diferença entre receitas e despesas, a diferença ficou 97 milhões de euros negativa. A direção do Barça responsabiliza os acontecimentos de 2020 por esse resultado, e acredita que caso tivesse sido um ano normal com os campeonatos em andamento, os números seriam muito diferentes.

De acordo com as informações publicadas, o Barcelona tem mais de 1 bilhão de euros a pagar. E metade disso será cobrada por credores ainda em 2021. Ainda de acordo com o GE, o principal motivo do endividamento do Barça neste exercício fiscal é devido a empréstimo bancário. Como o clube foi apertado pela redução das receitas, decorrente da pandemia, precisou ir a instituições financeiras captar dinheiro para não quebrar.

Outro fator que contribuiu para a formação da dívida, foram as contratações milionárias que o clube fez recentemente. Só no Brasil, o clube catalão deve prestar contas com o Atlético-MG, Grêmio e Palmeiras. Entre as principais transações estão Philippe Coutinho, De Jong, Malcom, Trincão, Junior Firpo, Arthur, Emerson, Pjanic e Matheus Fernandes.

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Publicidade
Top motos interno
Top motos interno
Publicidade
Ji-Ferro
Ji-Ferro
Inviolável
Inviolável
Gráfica Center
Gráfica Center