Dr. Arissa
Dr. Arissa
MFM
MFM
Vou de Car
Vou de Car
Voltar Publicada em 30/08/2021 | Política

Isaú já torrou quase R$ 500 mil reais com propaganda sem ninguém saber como foram gastos


O Prefeito Isaú Fonseca - MDB - já torrou R$ 448.400. 000 com propagandas, arredondando os centavos, porém em um processo obscuro onde ninguém sabe como o dinheiro foi empregado. Um grupo de vereadores já teve negado o pedido de cópia do processo e dos gastos. A informação do Executivo é de que tudo está no Portal Transparência.

Porém, desde Março, quando o site PRONOTICIAS passou a acompanhar o caso, não foi publicado no Portal Transparência sequer uma virgula sobre a maneira com que o dinheiro foi gasto.

A única coisa encontrada é que foi feito o pagamento à Criatto Publicidade, empresa detentora do contrato de midia com a prefeitura e que distribui a outros meios.

Em março, quando fizemos a primeira publicação, a o valor chegava perto de R$ 175 mil e, curiosamente, até aquela data, nenhum meio de mídia da cidade tinha recebido um centavo sequer.

"Com a divulgação, houve uma revolta de parte significativa dos meios, já que a propaganda institucional é legalizada, deve ser investida com responsabilidade e uniforme de acordo com a dimensão de audiência do meio. Se ninguém estava recebendo, onde estava sendo empregado o dinheiro", indagou o site. 

Com a cobrança da imprensa, o prefeito passou a pulverizar um pouco em cada veículo, um mel na boca para que uma parte se acalmasse.

Não se sabe se é o caso, mas o desvio de verba da mídia é uma das formas mais fáceis em uma administração, pois pode se criar notas de gastos que não foram efetivados, inclusive de material impresso.

Não houve manifestação do grupo de vereadores se irá ao ministério público sobre o fato.

Também não houve manifestação do Ministério Público que pode investigar o caso de Ofício, ou seja, sem ser provocado, já que a falta de transparência está escancarada no Portal Transparência.

Fonte: Site Pronoticias

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Publicidade
Top motos interno
Top motos interno
Publicidade
Ji-Ferro
Ji-Ferro
Posto Perfil
Posto Perfil
Inviolável
Inviolável
ALE
ALE