TOYOTA
TOYOTA
Binho
Binho
MFM
MFM
Voltar Publicada em 04/10/2020 | PORTO VELHO

PM envia 60 homens e helicóptero para resgatar soldados em área de confronto onde tenente foi morto


O Comando da PM de Rondônia informou na manhã deste domingo (4) que encaminhou um efetivo de 60 homens com apoio de um helicóptero, para uma área em Mutum Paraná, onde um bando, possivelmente posseiros da LCP, mataram o tenente da reserva José Figueiredo Sobrinho e feriram outras 7 pessoas, entre familiares de Figueiredo e policiais que foram emboscados pelos criminosos.

De acordo com a PM, após o assassinato de Figueiredo e tentativas de homicídio contra seus familiares, guarnições foram enviadas ao local, uma fazenda em uma linha a cerca de 30 quilômetros de Mutum Paraná. Os homens sofreram emboscada e foram feridos. “A equipe policial recuou, onde um dos policiais alvejados ficou no local possivelmente inconsciente e outro se abrigou permanecendo no matagal. Que em razão do horário noturno, inviabilizou-se o envio de reforços para incursão no local dos fatos”, disse a PM em nota.

Para resgatar os dois soldados que ficaram na região, uma operação foi montada ainda na madrugada de sábado e encaminhada ao amanhecer para a região. Confira manifestação da PM:

A Polícia Militar do Estado de Rondônia comunica que na data de ontem, 3, pela parte da tarde, guarnições da Polícia Militar foram acionadas para atender ocorrência policial de homicídio em uma das linhas do Distrito de Mutum-Paraná, onde situa-se uma fazenda com área conhecida por ser de conflito agrário, distante aproximadamente 30 km de Mutum-Paraná. 3 equipes policiais deslocaram-se para o local com o objetivo de verificar o crime, sendo encontrado o corpo do policial militar da reserva remunerada, Tenente Figueiredo Sobrinho com lesão na cabeça ocasionado por um disparo de arma de fogo, contudo sofreram emboscada, sendo surpreendidos por criminosos fortemente armados, havendo intenso confronto armado, resultando em 4 policiais militares alvejados. A equipe policial recuou, onde um dos policiais alvejados ficou no local possivelmente inconsciente e outro se abrigou permanecendo no matagal. Que em razão do horário noturno, inviabilizou-se o envio de reforços para incursão no local dos fatos.

É com pesar que a Polícia Militar de Rondônia lamenta o ocorrido, quanto a morte do Tenente da reserva remunerada Figueiredo Sobrinho, bem como os resultados catastróficos da averiguação policial que resultou em policiais militares feridos durante a ocorrência. O Sargento Vaz e o Cabo Pisa, ambos componentes da Força Tática do 5º Batalhão, foram alvejados respectivamente na mão, e de raspão na cabeça. Ambos foram atendidos em um posto de saúde em Jaci-Paraná e passam bem. O Tenente Ferraz, respondendo pelo comando do Batalhão de Polícia de Fronteira, foi alvejado no abdômen. O mesmo foi socorrido às pressas para o Hospital João Paulo II, sendo submetido a cirurgia, estando em situação clínica estável. O Comando da Corporação está prestando assistência psicológica e social aos policiais militares vítimas e familiares dos respectivos profissionais.

Cabe salientar também que havia no momento da abordagem dos criminosos ao Tenente da reserva remunerada Figueiredo Sobrinho, mais 3 parentes seus. Ambos também foram alvejados com disparos de arma de fogo, sendo no braço e perna. No total, a ação criminosa resultou até o momento em 1 óbito e 7 feridos.

Quanto a situação do local dos crimes, onde provavelmente ainda se encontra os criminosos, o Comando da Corporação planejou ainda na noite de ontem as ações policiais que estão sendo deflagradas na manhã de hoje, 4. Foi enviado tropa especializada para a região, 60 policiais militares de diversos batalhões da Capital, com apoio aéreo do Núcleo de Operações Aéreas da SESDEC e terrestre com viaturas de urgência e emergência do Corpo de Bombeiros. O objetivo da operação é preliminarmente resgatar os policiais militares baleados, o corpo da vítima do homicídio e prender os criminosos. Barreiras policiais estão sendo montadas nas principais linhas que dão acesso ao local onde se encontra os criminosos.

O Comandante Geral da PMRO encontra-se em viagem fora do Estado, e tão logo tomou conhecimento das notícias, tem se dedicado a retornar para Rondônia.

Por fim A Polícia Militar de Rondônia está envidando todos os esforços para que a ordem pública seja restabelecida, sendo esta a missão que os guerreiros de nossa briosa Corporação hão de buscar, mesmo com o risco da própria vida.
 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Publicidade
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui
Publicidade
Ji-Ferro
Ji-Ferro
Aguia Moto Peças
Aguia Moto Peças
Gráfica Center
Gráfica Center
Inviolável
Inviolável