Dr. Arissa
Dr. Arissa
MFM
MFM
Vou de Car
Vou de Car
Voltar Publicada em 05/04/2021 | Variedades

DROGARIA DE JI-PARANÁ EMITE NOTA DE REPÚDIO CONTRA FAKE NEWS VINCULADAS EM REDES SOCIAS


A Drogaria Preço Popular, localizada na rua das Seringueiras, n. 97, bairro Cafezinho, na cidade de Ji-Paraná, vem a público informar que repudia as informações inverídicas que estão sendo veiculadas através de um áudio pelas mídias sociais.

Que tais declarações não se condizem com a verdade,  pois esta farmácia possui as devidas autorizações dos órgãos reguladores para realizar os testes, bem como, os realiza com os cuidados necessários para proteger profissional e o paciente.

Esclarece ainda que a realização dos exames segue rigorosamente o padrão de qualidade estabelecido nas Normas e Técnicas da Anvisa e da Vigilância Sanitária Municipal, e ainda pelos Fabricantes, sendo tudo devidamente chancelado pela legislação vigente no país e que todos os resultados são registrados para garantir sua rastreabilidade e lançados no sistema E-SUS
gerenciado pelo governo.

Esta empresa sempre buscou as melhores práticas farmacêuticas para viabilizar o melhor atendimento e satisfação a seus clientes e colaboradores.

Ainda deixa registrado, que atualmente são realizados dois tipos de exames para teste do COVID-19, quais são: Teste Imunocromatográfico para Detecção de Antígeno (SWAB); Teste Imunocromatográfico Rápido para Detecção Qualitativa de Anticorpos de IgG e IgM.

Que ambos os exames e seus métodos são os mesmos realizados nas demais farmácias e laboratórios desta cidade, como tantas outras do Estado em como por todo o Brasil.

Informa ainda, que o áudio que está sendo disseminado trata-se de uma FAKE NEWS. O criador e disseminador inicial já foi identificado e todas as medidas judiciais já estão sendo tomadas no âmbito civil e criminal, para coibir esse tipo de notícia falsa. HINGRYD LETICIA V. R. TEMES FARMACÊUTICA CRF/RO n. 1833

 

Ji-Paraná, 05 de abril de 2021.

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Publicidade
Top motos interno
Top motos interno
Publicidade
Ji-Ferro
Ji-Ferro
Inviolável
Inviolável
ALE
ALE
Posto Perfil
Posto Perfil