Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 04/07/2016 - 01:25:53 | BURITIS

 

Homem mata suspeito que estuprou sua esposa e manda deixar o corpo na Delegacia de Polícia, em Buritis

 

A polícia civil de Buritis investiga o homicídio de Ezequias Rodrigues, morador da linha C-14, zona rural de Campo Novo de Rondônia. Segundo um cunhado do suspeito de matar o rapaz, afirmou que na noite de sábado (02), sua irmã estava trafegando de moto pela linha C-14, próximo da Vila União, quando foi abordada por um homem armado e sob ameaça a estuprou, levando a calcinha da vítima.

 

O marido da vítima estava fora da cidade e ao saber do triste acontecimento, retornou e começou a procurar o estuprador, encontrando-o no domingo, dia 03, andando tranquilamente próximo ao Distrito de Vila União. Com a ajuda de um cunhado, o marido amarrou o criminoso e o levou até a casa dele, localizada na Linha C-14. Lá, o homem acabou encontrando a calcinha da esposa enterrada no quintal da casa.

 

Neste momento, mesmo amarrado, Ezequiel tentou correr e foi baleado nas costas. Logo em seguida, ele ainda tentou se levantar e levou mais dois tiros.

 

O marido colocou Ezequiel dentro da carroceria de seu automóvel e pediu para sua esposa entregar na Delegacia de Buritis.

 

Imediatamente, a mulher e o irmão atenderam ao pedido e levou o criminoso para a delegacia de Polícia Civil, em Buritis, mas o estuprador chegou morto no local.

 

A mulher e o irmão foram detidos e estão prestando esclarecimentos. O autor do disparo ainda não foi encontrado, porém a família já falou que ele irá se entregar nas primeiras horas desta segunda-feira, dia 04.

 

A Polícia informou que há registrado mais quatro estupros naquela região e as características físicas são bem parecidas com o Ezequias. (Com informações site Rondoniavip)

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades