MFM
MFM
Vou de Car
Vou de Car
Voltar Publicada em 02/03/2022 | GERAL

6º dia de bloqueio: obras não são concluídas e BR-364 deve continuar parcialmente interditada em RO

Polícia Rodoviária Federal (PRF) previa a liberação total das pistas para esta terça-feira (1º). Nova data é que a rodovia pode ser liberada somente no próximo sábado (5).

A BR-364, entre Ariquemes (RO) e Itapuã do Oeste (RO), segue parcialmente interditada por conta da cheia do rio Jamari. Até então, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) previa a liberação total da via para esta terça-feira (1º), mas a obra de elevação da rodovia não foi concluída.

Segundo o novo informativo, problemas na logística de produção e transporte das pedras utilizadas na obra impossibilitaram a finalização do serviço. A nova previsão é que a rodovia seja liberada somente no próximo sábado (5).

Por enquanto a travessia pelo trecho parcialmente interditado acontece em sistema "pare e siga", a qualquer horário do dia. Como apenas uma pista está liberada, os veículos podem enfrentar de duas a cinco horas para concluir o percurso. Na tarde desta terça-feira (1º), o congestionamento nos dois sentidos da rodovia ultrapassava 10 km.

6º dia de interdição
A interdição da principal rodovia de Rondônia começou na quinta-feira (24), durante a tarde, após o transbordamento do Rio Jamari. O ponto de alagamento da rodovia é no KM 540, perto do acesso para o município de Alto Paraíso (RO).

Na sexta-feira (25), a equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) chegou ao local e no sábado (27) iniciou a obra de elevação da rodovia com pedras. Mais de 20 km de congestionamento se formou, principalmente de carretas.

O bloqueio total do tráfego seguiu até a segunda-feira (28) , quando a BR-364 foi liberada parcialmente após conclusão de parte da obra. A fila quilométrica de caminhões, carretas e outros veículos que esperavam há dias para seguir viagem foi se dissolvendo lentamente durante o dia.

Fonte: G1

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Publicidade
Top motos interno
Top motos interno
Publicidade
Ji-Ferro
Ji-Ferro
Inviolável
Inviolável