Norte Travel
Norte Travel
Vou de Car
Vou de Car
Voltar Publicada em 27/06/2022 | Variedades

Futuro do e-commerce na América Latina


Com o passar do tempo na pandemia, o e-commerce na América Latina tem crescido cada vez mais, levando ao crescimento de certos mercados como supermercados digitais, e-books, investimentos e cassinos online como o GGBet, um dos maiores do mercado e que tem trazido novos recursos tecnológicos para seus usuários.

Esse é um dos principais pontos que atraem os consumidores, a inovação tecnológica, principalmente se atrelada a possibilidades de lazer, consumo de produtos de rotina, educação e manutenção de elementos básicos do dia a dia como automóveis, eletrodomésticos e móveis.

Ou seja, a demanda por produtos e serviços da vida real, está sendo transferida para o e-commerce, que cada vez mais tem que se adaptar e se renovar para oferecer as melhores experiências para os seus usuários.

Quais áreas estão em alta no e-commerce na América Latina?

O isolamento social fez com que as pessoas ao redor de todo o mundo encontrassem novas maneiras de realizar suas tarefas diárias, principalmente através do e-commerce e de ferramentas tecnológicas.

Na América Latina, a média de crescimento das vendas e produtos digitais está em torno de 20% nos últimos 2 anos. Mas você sabe quais áreas têm o maior crescimento dentro das plataformas digitais de comércio e prestação de serviços?

Fintechs

O termo startup ficou muito conhecido na última década por trazer novas formas de criar soluções tecnológicas de forma acessível. Alguns exemplos de grande sucesso são Uber, Ifood e Buser.

Porém, durante a pandemia, as fintechs, que são startups de tecnologia financeira, foram as mais utilizadas para realizar compras e abrir contas para movimentação financeira de forma digital e online.

Aqui no Brasil temos grandes exemplos de fintechs de sucesso, como por exemplo, o Nubank, Paypal, Mercado Pago e PicPay, sendo que algumas delas são de nível global, tendo impacto em outros países da América Latina também.

Cassinos online e sites de apostas

Outro mercado digital que está em alta é o de apostas online, principalmente com a volta dos grandes eventos esportivos. Além disso, durante a pandemia, esse mercado estava em alta junto aos campeonatos de e-sports, que conseguiram ficar ativos devido a possibilidade de jogar online à distância.

A GGBet é uma das casas de apostas e cassino online que fez grande sucesso durante os últimos anos, trazendo diversas modalidades de apostas entre esportes e jogos eletrônicos, com grandes possibilidades de ganhar dinheiro.

Além disso, ela ampliou suas opções de jogos na seção de cassino online, permitindo que diversos apostadores ao redor do mundo pudessem manter suas apostas ativas mesmo com os cassinos físicos fechados.

Além disso, a GGBet é um dos cassinos virtuais que traz maiores novidades tecnológicas para seus jogos, como por exemplo, as apostas ao vivo e jogos com suporte para Realidade Virtual (VR).

Supermercados digitais

Com a impossibilidade de fazer compras de forma presencial, principalmente as pessoas do grupo de risco, os supermercados viram suas fileiras mais vazias do que nunca, o que levou a uma necessidade de adaptação.

Muitos supermercados lançaram seus próprios aplicativos para realizar a venda e entrega de produtos dos seus estoques. Outros supermercados incluíram seus produtos em listas de aplicativos como Ifood, Rappi e Uber Delivery.

Com isso, a venda de produtos de supermercado de forma online no Brasil cresceu quase 40% em 2021, o que é um número expressivo considerando que muitas das pessoas que fazem mercado não tinham ou tem facilidade com as compras online.

Isso é uma tendência que vem crescendo em outros países latinos também, com a aposta de marcas de outros setores na expansão de seus serviços para a venda online de produtos de supermercado, nem que seja na forma de revendedora ou plataforma de apoio.

Jogos online e micro transações

Outro mercado digital que tem crescido é o de jogos e lazer digital, acompanhado de acessórios e vendas internas. Isso se deve ao fato de que muitas das formas de lazer foram cortadas da rotina da maioria das pessoas.

Com isso, plataformas como a Steam e Epic Games começaram a oferecer jogos de forma gratuita com rotatividade semanal, gerando grande impacto no mercado de jogos online que mudaram sua forma de lucrar.

Antigamente, muitas pessoas compravam os jogos com altos valores, porém, atualmente os jogos possuem valores inferiores ou são gratuitos, ganhando dinheiro com propagandas ou micro transações, que são vendas de skins, acessórios e bônus dentro dos jogos.

O e-commerce continuará crescendo em 2022 e no futuro?

A expectativa e previsões são que o e-commerce continue crescendo, mesmo que de forma mais lenta do que tem acontecido durante a pandemia. Isso se deve ao fato dos valores reduzidos que a venda digital proporciona.

Agora as lojas não precisam mais se preocupar com o pagamento de aluguel e de muitos funcionários, gerando uma queda nos valores dos produtos, que pode acabar convertendo um maior número de clientes.

Outro ponto das vendas online é que pequenos negócios passaram a alcançar um público maior em outras cidades, estados e até outros países. Com o avanço da tecnologia é esperado que novas facilidades e recursos cheguem ao mercado digital e isso impulsione as vendas também.

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

Publicidade
Top motos interno
Top motos interno
Publicidade
Ji-Ferro
Ji-Ferro
Inviolável
Inviolável