Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 09/10/2015 - 21:09:05 | SÃO FRANCISCO

 

MISTÉRIO - Dois pacientes morrem após cirurgia e três passam mal no Hospital Regional de São Francisco do Guaporé

 

Duas pessoas morreram na manhã desta sexta feira (09), logo após passarem por intervenção cirúrgica no Hospital Regional, no município de São Francisco do Guaporé, distante cerca de 300 Km de Ji-Paraná. Segundo a Polícia, uma equipe médica, composta por médicos de Cacoal, realizaram 07 cirurgias nesta quinta-feira, dia 08, em pacientes que sofriam de "Hérnia" e "Pedra na Visícula".

 

Após as cirurgias, já por volta das 04h00, cinco pacientes entraram em parada cardiorrespiratória simultaneamente, sendo que três pacientes teve o caso revertido, mas dois não resistiram e acabaram morrendo durante o atendimento médico.

 

Segundo o site Rota Comando, o diretor daquela Unidade de Saúde, falou que as causas das mortes ainda são desconhecidas e uma equipe médica está empenhada para identificar o problema o mais rápido possível.

 

O governador Confúcio Moura disponibilizou uma UTI aérea para transportar os outros pacientes para a cidade de Porto Velho. Um dos cinco pacientes que fizeram a mesma cirurgia ainda está com o quadro de saúde comprometido e corre risco de morte.

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária (AGEVISA), está dando todo apoio em medicamentos a pedido do diretor do hospital.

A direção do hospital encaminhou o caso à delegacia de polícia para que seja apurada através de autópsias para que em breve seja anunciado o resultado esclarecendo toda população.

As vítimas fatais foram identificadas como Bruno Martins de 17 anos, que residia em São Francisco e Israel Gonçalves Gomes de 27 anos, morador de Costa Marques. (Com informações do site Rota Comando)

 

Matéria:www.comando190.com.br

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades