Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Eventos Artigos

Veja Também

Parceiros

Notícia publicada em 18/12/2013 - 07:33:36 | PIMENTA BUENO

 

Bandidos de Rondônia presos em Cuiabá/MT, confessam ter assassinado a jovem que desapareceu em Pimenta Bueno

 

O mistério sobre o desaparecimento da jovem Katia Maria Saldanha de 26 anos, filha do empresário e presidente do Rotary Clube Francisco Lacerda Saldanha, terminou de forma trágica.

 

Após intensa investigação da Polícia Civil de Pimenta Bueno sob o comando do delegado Araújo, juntamente com a polícia rodoviária federal, GCCO (Grupo de combate ao crime organizado de Cuiabá), polícia federal, polícia militar de Rondônia e polícia militar de Mato Grosso os bandidos responsáveis pelo desaparecimento de Kátia foram presos em Cuiabá e confessaram ter matado a jovem a facadas.

 

A polícia chegou até os bandidos através informações colhidas na investigação e imagens de câmeras de segurança. Jânio dias de Oliveira 32 anos vulgo “Titela”, Rafael da Silva Costa de 23 anos e Claudinei Alves de Freitas de 31 anos vulgo “Nei” foram presos pela polícia civil de Cacoal que se deslocou até Cuiabá, onde localizou o trio em posse do veículo da vítima. Os três elementos tem passagens pela polícia por roubo e furto.

 

Já na delegacia da polícia civil de Mato Grosso, os bandidos disseram à polícia que roubaram o carro e levaram Katia junto no veículo, após ter praticado o brutal assassinato os mesmos alegaram ter jogado o corpo de Katia próximo a cidade Vilhena as margens da BR-364. A polícia civil de Pimenta Bueno juntamente com peritos estão tentando encontrar o corpo através de informações passadas pelos próprios assassinos.

 

A polícia de Mato Grosso deve transferir o trio para a penitenciária de Pimenta Bueno até o fim desta semana.

 

 

Luto! Por Fábio Matias

 

Uma família totalmente dissipada pela crueldade e brutalidade desses criminosos, como explicar algo inexplicável, como entender a mente doentia de certos “seres humanos”, como justificar tamanha aberração, quanto mais pensamos em uma explicação mais nos sentimos revoltados. Nem mil anos de prisão vai apagar a dor de uma mãe que chora, de uma pai arrasado e irmãos que terão um vazio que jamais será preenchido, sem contar as centenas de amigos que sentirão muita falta de uma jovem tão cheia de vida e sonhos, que infelizmente foram interrompidos de maneira trágica.

 

Covardes sem escrúpulos que brincam de ser “DEUS”, que decidem sobre a vida e a morte, como se fosse um julgamento de um crime nunca cometido, onde o “réu” é condenado a “prisão perpétua”, onde o “juiz”, “imponente”, simplesmente condena sem o menor motivo e dissipa a vida de uma pessoa que nunca lhe fez mal algum sem dó nem piedade. Sei que todos farão a mesma pergunta “POR QUÊ?” a resposta sempre será idêntica a pergunta “POR QUÊ?”, “POR QUÊ?”, “POR QUÊ?”…

 

 

Matéria: Pimentavirtual.com.br - Fábio Matias

 

 

 

 

 

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

 

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se

prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Publicidade

 

 

 

Publicidade

 

Comentários

 

 

Home Notícias Vídeos Classificados Fale Conosco Curiosidades